sábado, 5 de agosto de 2017

Pensamentos conclusivos

Solidificação da alma perdida no Infinito.
Acordei para a noite
E perdi-me do mundo.

Eis aqui a loucura de viver
Prisioneiro de um ser corpóreo
E de uma realidade falsificada por um deus desconhecido.

A minha observação na noite
Leva-me à conclusão de que a mera perdição pelo materialismo
Inerente a este mundo
Parte dos seres que não possuem a consciência do Infinito
Levando-me à condição de ser um estranho entre os estranhos

E perco-me na loucura do Ser.

Sem comentários:

Enviar um comentário