domingo, 27 de agosto de 2017

Não queiram…

Não me queiram levar por este caminho
Que não mais desejo caminhar,
Apenas sentar-me e amar a vida
Como sinónimo de beleza que reside dentro de mim.
Respiro por tanto amor
E adormeço ao som de violinos apaixonados
Que me lançam ao nome do meu amor.

Sem comentários:

Enviar um comentário