segunda-feira, 22 de abril de 2013

Esquecido


Esquecido por todos, perdido no mundo
Desafio os sonhos do meu Outono privado
Escondidos num sono profundo
A encontrarem um ser por mim amado.

Das trevas esqueci já a sua cor
Dos céus esqueci já o torpor
De um amor sem sentido
Por alguém que me é querido

Nada resta no meu horizonte azul
Apenas as aves em voo para o Sul.

sexta-feira, 22 de fevereiro de 2013

Lua e Mar

A lua oculta e o imenso mar,
amantes separados pela distância
amantes que não podem amar
livremente, pela sua inconstância.

Só a força das marés pode definir
a força do seu amor,
enquanto um deles existir
o mundo viverá sem dor.

Ambos trazem equilibrio ao mundo...
apenas um deles negligenciado
porque reside no espaço profundo
longe de um mar mal amado.