domingo, 19 de fevereiro de 2012

Demência Bilingue

Procuro naquele pedaço de céu azul
O raio de luz que me irá salvar.
Que no fundo de minh’alma irá brilhar
Desintegrando o espectro da minha dor.

“Are you listening to the fool?”
Pergunta minha Racionalidade a chorar
Respondendo a Doença do falso amor:
“You could have gone so far!”

Já eu, nada digo. Tudo calo
Sem força para continuar a existir.
Mando as duas ir ter com o falo
Que os simples usam para se exprimir.

Sem comentários:

Enviar um comentário